24 de maio de 2014

Which curriculum should I choose? - Qual currículo escolher?

Texto em Português mais abaixo    
Scroll down for text in Portuguese



Before you start your Rosetta Stone course, you should make an important decision: “Which curriculum should I choose?” This can determine your learning outcome. Rosetta Stone version 3 presents nothing less than 12 options of curriculum! But don’t worry, that’s not so hard to decide. Here are some tips!

First of all, you should know what all the course consists of:
- The complete course consists of 5 levels (for some languages).
- Each level has 4 units.
- Each unit has 4 Core Lessons + 1 milestone (a kind of exercise to practice the main points of the unit by simulating a real-life situation).
- Each Lesson brings the core lesson + 9 activities to focus on different language skills. (pronunciation, vocabulary, grammar, etc.).

That is, there are 41 different available activities per Unit. The curriculum you choose will guide you automatically through these activities depending on your language goals or the time you want to spend studying.

FULL YEAR CURRICULUM
This is the longest curriculum. From the 41 available activities per Unit, you will do 65 activities, that is, 24 of them will be repeated twice. Each level should be finished in about 40-50 hours. That means it would take from 200 to 250 hours to finish all five levels. The developers say this curriculum was designed for students who want to spend a whole school year in one level for educational credit.

STANDARD
In this curriculum, from the 41 available activities per unit, you will have to do only 33 and none of them are repeated. These specific activities were selected to make a fluid curriculum and practice all language skills (listening, speaking, reading and writing). You can finish each level in about 20-25 hours (that is, it takes half of the time of the Full Year Curriculum). There is also a variation: “Standard Curriculum with reading intro”, which brings more reading practice. The developers say the Standard Curriculum is recommended for learners with accelerated learning abilities.

EXTENDED
In comparison to the Standard, this curriculum brings four additional activities of reinforcement per Unit. So the total number of activities is 37 per unit. Its variation, “Extended Curriculum with reading intro”, brings more reading practice and hence includes all 41 available activities.

The other curriculums are more limited and only focus on some specific language skills (either listening and speaking or reading and writing) or are placement tests.


WHAT CAN I RECOMMEND?

For most users, I would recommend the Standard or the Extended Curriculum, with or without reading intro. Based on my experience, I believe the Standard Curriculum is enough, at least for easier languages. But if you sense that you require additional practice, maybe you would like to change to the Extended Curriculum or its variation with reading intro – this last one brings all the activities Rosetta Stone has to offer. You can start your course and change the curriculum any time you want by clicking on Launch Rosetta Stone Homeschool on the opening screen, then click on Assign/edit Curriculum.

I myself wouldn’t do the Full Year Curriculum. I have tried it already doing a whole level of German and I think it is too long, tedious and repetitive. These could be factors of discouragement to go ahead.

In my opinion, Rosetta Stone is a very good course, but it also has many flaws as I have already pointed out in this blog: it never brings cultural aspects, colloquialisms, grammar theory, explanations on language use, phonetics, etc. This course can be a great start, but because of these flaws, I wouldn’t spend such a long time with it as it is required in the Full Year Curriculum. I’d rather finish it in less time (but trying to do my best to have a good basis of the language) and then use the time I would spend in the Full Year Curriculum in more complete and advanced materials. In fact, the Rosetta Stone User’s Guide itself recommends that the learner work outside the software and look for other ways of learning, they say: “We find the best learning model is one based on multiple methods and media.”

But what could be positive about the Full Year Curriculum for common users? All this repetition found in it could mean a more solid learning (if you are patient enough). It could also be suitable if you are not worried about learning fast and don’t intend to study every day, because when you get back to your course, lots of previous material you may have forgotten after all those days without studying will be repeated. Maybe it could also be better for more difficult languages.

Well, I hope these tips help you have a feeling about which curriculum best suits your learning necessities.


                                                                                                                                    
                                                                                                                                    
(Texto em Português)

Antes de iniciar o seu curso com o Rosetta Stone, você precisa tomar uma decisão importante: Qual currículo escolher? Essa decisão pode ser determinante nos resultados da sua aprendizagem. O software apresenta nada mais do que 12 opções de currículo! Mas não se preocupe, não é tão difícil decidir. Aqui vão algumas dicas!

Antes de tudo você precisa conhecer a estrutura do curso:
- O curso completo consiste em 5 níveis (para algumas línguas).
- Cada nível possui 4 unidades.
- Cada unidade possui 4 Core Lessons (Lições Principais) + 1 milestone (um tipo de exercício para praticar os pontos principais da unidade simulando situações reais).
- Cada lição traz a Core Lesson + 9 atividades que focam em diferentes habilidades linguísticas (pronúncia, vocabulário, gramática, etc.).

Ou seja, no total existem 41 atividades diferentes disponíveis por unidade. O currículo que você escolher te guiará automaticamente por entre essas atividades dependendo dos seus objetivos com a língua e do tempo que você pretende dedicar aos estudos.

FULL YEAR CURRICULUM (Currículo para um ano completo)
Este é o currículo mais longo. Das 41 atividades disponíveis por unidade, você fará 65 atividades, ou seja, 24 delas serão repetidas duas vezes. Cada nível requer cerca de 40-50 horas para se terminar. Isso significa que você precisará de 200 a 250 horas de estudo para concluir todos os cinco níveis. Os desenvolvedores dizem que esse currículo foi feito para alunos que querem passar um ano escolar inteiro em um único nível para o propósito de obter crédito educacional.

STANDARD (Padrão)
Neste currículo, das 41 atividades por unidade, você terá de fazer apenas 33 e nenhuma delas será repetida. Essas atividades específicas foram selecionadas para tonar o currículo mais fluido e praticar todas as habilidades linguísticas (compreensão auditiva, fala, leitura e escrita). Para concluir cada nível, você precisará de 20-25 horas (isto é, a metade do tempo do Full Year Curriculum). Também há uma variação: “Standard Curriculum with reading intro”, que traz mais prática de leitura. Os desenvolvedores dizem que o currículo Standard é recomendado para estudantes com aprendizagem acelerada.


EXTENDED (Extendido)
Em comparação ao Standard, esse currículo traz quatro atividades extras de reforço por unidade. Então o número total de atividades por unidade é de 37. Sua variação, o “Extended Curriculum with reading intro”, traz mais prática de leitura de maneira que inclui todas as 41 atividades disponíveis.

Os outros currículos são mais limitados e se focam em habilidades linguísticas específicas (audição e fala ou leitura e escrita) ou são testes de classificação.

O QUE EU RECOMENDARIA?

Para a maioria dos usuários, eu recomendaria o currículo Standard ou o Extended, com ou sem “reading intro”. Pela experiência que tive, acredito que o currículo Standard seja suficiente, pelo menos para línguas mais fáceis. Mas se você sentir que precisa de prática adicional, talvez seja melhor mudar para o currículo Extended ou sua variação com “reading intro” – este último traz todas as atividades que o Rosetta Stone tem para oferecer. Você pode começar o seu curso e mudar o currículo a qualquer momento bastando clicar em Launch Rosetta Stone Homeschool na tela inicial, depois em Assign/edit Curriculum.

Eu mesmo não faria o Full Year. Já experimentei fazendo um nível inteiro de Alemão e achei muito longo, tedioso e repetitivo. Esses podem ser fatores para desencorajar o progresso na aprendizagem.

Na minha opinião, o Rosetta Stone é um curso muito bom, mas também possui muitas falhas conforme já salientei no blog: nunca traz aspectos culturais, coloquialismos, teoria gramatical, explicações de usos da língua, fonética, etc. O curso pode ser um bom começo, mas por causa dessas falhas, eu não perderia tanto tempo com ele fazendo o Full Year, prefiro terminar em menos tempo (mas tentando dar meu melhor para ter uma boa base da língua) e então usar o tempo que eu passaria fazendo o Full Year em materiais mais aprofundados. De fato, o próprio Rosetta Stone User’s Guide (Guia do Usuário do Rosetta Stone) recomenda que o estudante procure outros recursos para aprender a língua, eles dizem: “Acreditamos que o melhor modelo de aprendizagem é aquele que se baseia em múltiplos métodos e meios.”

Mas o que poderia ser positivo no Full Year Curriculum para usuários comuns? Toda essa repetição pode significar uma aprendizagem mais sólida (se você tiver paciência o suficiente). Também pode ser apropriado se você não estiver preocupado em aprender rápido e não pretende estudar todos os dias, porque quando você retornar ao curso, muita coisa que você pode ter esquecido nos dias sem estudar será repetida. Provavelmente esse currículo seja mais apropriado para línguas mais complicadas.

Bem, espero que essas dicas ajudem você a descobrir qual currículo melhor se adapta com as suas necessidades de aprendizagem.

9 comentários:

  1. brilhante eddy...vc é o cara. edy,uma coisa que me deixa triste com essa versão,é de não existir um modo sem as frases. somente imagem e som entende??? tipo,digamos que eu escolho o full curriculum,não tem uma opção deu tirar a escrita. fazer ele normalmente apenas com imagem e som. vc lmbra que na v2,existia um exrcício mas que cobria toda a lição somente listening? acho que seria ótimo pra quem tivesse afim apenas de falar. cá pra nós,aprender a falar,ler e escrever tudo ao mesmo tempo,da uma complicada legal no aprendizado. o que me diz? OBS: NESSA V3 EXISTE SIM UM MODO DE CURSO,QUE É APENAS A IMAGEM E O AUDIO,MAS É MUITO MAU FEITO. NÃO ABRANGE O CURSO TODO,SOMENTE ALGUMAS LIÇÕES. E ELE NÃO ENSINA AS FIGURAS,VC TEM Q JÁ SABER O QUE É. ACHO Q O NOME É PLACEMENT...ALGO ASSIM. FICA ABAIXO DO EXTENDED.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que bom que há leitores que estão gostando das postagens e achando úteis!

      O máximo que existe nesse sentido que você falou é o currículo Speaking and Listening Focus. Eu nunca tentei, mas de qualquer forma a parte escrita vai estar lá também. E me lembro sim da versão 2 que dava pra ocultar totalmente a escrita. Mas a evolução da versão 2 para a 3 é tão gritante que eu mesmo só usaria a versão 2 para uma revisão, mas não para iniciar o estudo da língua. E também eu não seguiria um método como o Rosetta Stone só de ouvido, porque a escrita acaba ajudando a confirmar a pronúncia. Mas se vc quiser um método onde você vai só ouvir e falar, você sabe que tem o Pimsleur, que foi feito justamente pra esse enfoque. Lá eles explicam com detalhe a pronúncia das palavras sem o aluno precisar recorrer à escrita.

      Excluir
  2. aproveitando o ganho...edy...uma coisa tb que fico a pensar. o rosetta não diz a vc a maneira correta de usar. quantas lições por dia entende? na sua opinião,vc acha que da pra fazer 1 core lesson + as 9 sublições (aqueles quadradinhos pequenos),por dia??? sendo assim,se concluiria o rosetta em 80 dias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu li em algum lugar no site oficial que eles recomendam estudar meia hora por dia. Não acho mais essa informação. De qualquer forma, acho que isso é muito pessoal. Se você tem fôlego pra estudar bastante e acha que aprende bem, não vejo razão pra não fazer isso. E outra coisa que eu percebi pela prática: quanto mais tempo você estuda hoje, mais você consegue estudar no futuro. No começo tem que forçar, você fica cansado rápido, pode até dar dor de cabeça. Mas com o tempo vai acostumado e fica condicionado a estudar por longos períodos. No currículo Standard, por exemplo, já cheguei a fazer uma unidade inteira num dia ou até mais (quando tenho o dia todo livre). Uma unidade nesse currículo leva umas 5 horas. Claro que não faço tudo sem parar.. faço um pouco... descanso... continuo.. descanso... e assim vai longe. Mas eu não faria 1 core lesson + as 9 sublições em sequência. Acho melhor seguir as atividades "sorteadas" conforme o currículo guia automaticamente - é uma forma de rever conteúdo de lições anteriores.

      Excluir
  3. grande edy...blz? rapaz...vc fez um grande bem a nação com essa experiência do rosetta rsrsrsrs rapaz....eu li suas respostas. vc dizendo que seria melhor em relação ao modo do curso,fazer as lições sorteadas ao invés de 1 core + 9 quadradinhos por dia rsrsrs não ficou claro esse modo sorteadas,pode ser mais claro por favor?? outra coisa,em relação ao pimsleur. o nível 2 e 3,são todos pra pessoas que falam espanhol. uma pessoa que n sabe nada de espanhol,daria pra fazer esses níveis 2 e 3 mesmo assim? e outra coisa também,como vc é um linguista. vejo que os cursos pimsleur francês,espnhol,italiano e todo mundo,não tem pra falantes de port. ou seja,quem quiser aprender alemão,tem q saber inglês. o q vc acha disso? da pra estudar mesmo assim? imagine meu caso. digamos que vou estudar ing com pimsleur. faço os 3 níveis ebaaaaa...agora quero aprender alemão. vou la e faço o de alemão. mas tipo,não seria melhor realmente,se o pimsleur usasse a minha lingua o port? acho q as aulas,o aprendizado seria muito melhor,o que vc acha? abraço....sou seu fã já rs

    ResponderExcluir
  4. resumindo,se tratando de pimsleur..vc acha que da pra mim aprender os 3 níveis,mesmo não sabendo nada de espanhol??? digamos que eu aprendesse e quisesse aprender alemão. acho meio estranho vc aprender uma língua através de outra língua que não é a sua língua mãe. queria saber o que vc acha disso? pronto,era isso que eu queria saber rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha achado o blog útil! Isso deve ser um elogio, mas não sou linguista. hahaha Fiz Letras... sou professor. Quem sabe eu fazendo um mestrado em linguística eu possa me chamar de linguista.

      Quando falei em atividades sorteadas, quis dizer que quando você segue um currículo, você não vai fazer a lição 1 e logo em seguida todas as atividades da lição 1 só pra depois que terminar tudo vc vai passar pra 2. O currículo automaticamente vai te guiar como se as atividades fossem sorteadas, por exemplo: você faz a lição 1, depois algumas atividades relacionadas, daí já vai pra 2, volta pra atividades da 1, depois volta pra 2, vai pra 3, volta pra 1, 2, 3... depois vai pra 4, volta pra 2,3, etc. Nenhum currículo segue a sequência exata de terminar todas as atividades de uma lição completa e só depois ir para as atividades da outra. Basta apertar o botão start e ir seguindo automaticamente. Ou seja, se seguir o currículo certinho não é o usuário que escolhe a atividade que vai fazer.

      E sobre o Pimsleur, não há mistério. Você só vai precisar dominar a língua de instrução pra poder seguir - se você domina, não há problema algum. Se você não domina, daí complica... melhor aprender bem inglês antes, depois pode usar qualquer curso do Pimsleur. E vai ser ruim aprender uma língua sem ter instrução na língua materna? Pelo contrário, você vai estar praticando duas línguas estrangeiras ao mesmo tempo!

      Excluir
  5. MUITO OBG EDY...VC É O CARA MESMO. SÓ TENHO MAIS 2 OBSERVAÇÕES E JURO Q VOU TE DEIXAR EM PAZ. RSRSRS OBS1: EU ENTENDI TUDO O Q VC ME RESPONDEU AGORA TANTO SOBRE ROSETTA COMO PIMSLEUR. VC SÓ ESQUECEU O SEGUINTE. NESSE MEU CASO,EU NÃO SEI NDA DE ESPANHOL. O PIMSLEUR SÓ TEM O NÍVEL 1 EM PORT. 2 E 3 SÃO PRA ESPANHÓIS. DEPOIS DE CONCLUIR O NÍVEL 1,VC ACHA QUE DARIA PR MIM ACOMPANHAR O RESTO DO CURSO??? OU SERIA MELHOR EU NÃO FAZER? OBS2: LEMBRO Q FAZ UM TEMPO,EU TINHA PERGUNTADO SOBRE O PIMSLEUR PRA VC. PORÉM,VC NA ÉPOCA ESTAVA AINDA FAZENDO O DESAFIO DO ROSETTA,OU SEJA,NÃO TINHA CONCLUÍDO AINDA. HOJE VC ESTÁ COM O ROSETTA CONCLUÍDO. VC TB JÁ CONCLUI UMA VEZ O PIMSLEUR. BEM...EIS A PERGUNTA: SE TRATANDO DE ENTENDER UMA PESSOA E FALAR (CONVERSAR) COM UMA PESSOA. QUAL DESSES DOIS CURSOS,VC SENTIU QUE APRENDEU MELHOR??? DISPENSANDO LEITURA E ESCRITA. MINHA PERGUNTA E BASEADA SOMENTE EM ENTENDER E FALAR. SERIA INJUSTO ENTRAR NO MÉRITO DE LEITURA E ESCRITA COM O PIMSLEUR. ENFIM,É ISSO. QUERIA Q VC FIZESSE ESSA ANÁLISE,RESUMIDAMENTE CLARO. QUAL DESSES DOIS PROGRAMAS VC ACHA QUE CHEGOU MAIS LONGE COM O ENTENDER E FALAR. ABRAÇOOO AMIGO. JURO Q TE DEIXAREI EM PAZ RSRSRS PERGUNTO DEMAIS NÉ?? NEM EU ME AGUENTO RS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então... como já disse: se você domina espanhol, pelo menos na compreensão, não terá problemas em seguir o Pimsleur. Mas se você nunca estudou espanhol na vida, acho que daí fica complicado. Existe um estudo que afirma que nós falantes de português somos capazes de compreender entre 58% a 94% de um texto em espanhol sem jamais ter estudado a língua - esse índice de compreensão depende de vários fatores, como o contexto, a seleção das palavras, etc. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-44502000000200003&script=sci_arttext

      A compreensão do Espanhol pode chegar a 94%, no máximo, ou seja, você nunca vai entender tudo o que eles estão falando sem estudar. E vai que você entenda só 58% em algumas partes! Além do mais, o espanhol possui falsos cognatos em relação ao português - são palavras bem parecidas ou iguais, mas com significados diferentes. Você vai achar que é uma coisa, mas é outra. Enfim, você pode tentar e ver se funciona.

      O Pimsleur é melhor que o Rosetta Stone pra falar desde as primeiras lições. Você vai memorizar facilmente frases úteis pra conversação desde o início. Mas no final dos dois cursos, você vai aprender mais com o Rosetta Stone.

      Excluir